|

Diferença entre ERP e BPMS: entenda qual é!

A diferença entre ERP e BPMS está na maneira com que eles trabalham, o BPMS é focado em processos enquanto o ERP possui módulos verticais (Compras, RH, Financeiro, etc.). O BPMS tem como objetivo fazer a comunicação horizontal entre esses departamentos. Ou seja, são duas ferramentas complementares.

Vamos começar entendendo o que é ERP?

Acrônimo de Enterprise Resource Planning, o termo ERP refere-se a um software modular projetado para integrar as principais áreas funcionais de uma organização em um único ambiente.

Na prática, estamos falando de um sistema integrado de gestão. Ele é divido em módulos e funcionalidades. Os módulos correspondem aos departamentos ou áreas. E as funcionalidades são as rotinas/funções desempenhadas pelos usuários.

No módulo de Finanças, por exemplo, o time de controladoria consegue controlar contas a pagar, contas a receber, fluxo de caixa, etc.



Com um bom ERP, além de tornar o dia a dia operacional integrado e seguindo sequências lógicas de atividades e processos, os gestores conseguem tornar a administração mais orientada pelos dados. Como também conseguem acompanhar as informações em tempo real e geram relatórios gerenciais para tomar decisões.

E o que é BPMS?

Acrônimo de Business Process Management Suite, o termo BPMS refere-se a uma solução tecnológica usada para operacionalizar o gerenciamento de processos corporativos.

Com esse tipo de sistema, fica mais fácil e seguro implementar as etapas, os fluxos, os critérios de aceitação e o acompanhando da execução dos processos. Ele também permeia toda a organização. Então, na prática, as soluções de BPMS ajudam os gestores a proporcionar melhoria contínua nos processos organizacionais.

Profissionais de BPM, analistas de processos, desenvolvedores e funcionários de TI normalmente usam um sistema de BPMS para melhorar a produtividade, a eficiência, a eficácia e a lucratividade empresarial.

Qual é, afinal, a diferença entre ERP e BPMS?

O ERP está mais focado nas várias funções de negócios e nos módulos que as suportam. Ou seja, é utilizado verticalmente, dedicado aos departamentos da empresa. Ele também é útil no rastreamento/registro de dados nesses módulos. Além disso, permite que os usuários controlem tudo, desde as vendas até os salários dos funcionários, por exemplo.

Já o BPMS trabalha horizontalmente promovendo a colaboração de todas as áreas existentes dentro da empresa. Quer um exemplo? Basta pensar quantas áreas são envolvidas no lançamento de um novo produto? Várias! Várias áreas executam tarefas e registram informações e números dentro do ERP, mas quem faz a “ligação”, comunicação entre elas, é um BPMS.

Enquanto o ERP está preocupado em registrar informações, o BPMS está preocupado em entender como este processo está funcionando.

Principais diferenças entre BPMS e ERP

E então, qual eu devo escolher?

Muitas pessoas acham que estes softwares são excludentes. Sendo assim, que você deveria escolher, entre eles, o que se adequa melhor ao seu negócio. E ficar limitado apenas a ter uma dos dois.

Na verdade não é bem assim não… eles são complementares! Isso mesmo, um complementa o outro! Não precisamos escolher apenas um, o que precisamos é escolher softwares que permitem integrações. Que permitem ser integrados.

É possível integrar ERP e BPMS?

A integração de ERP e BPMS não apenas é possível como também recomendável. Se integrados corretamente, os dois podem realmente complementar um ao outro, preenchendo as lacunas que faltam um no outro.

Executá-los juntos dá à empresa o melhor dos dois mundos: o gerenciamento de processos automatizado, que monitora o uso de recursos e atribui tarefas e, ao mesmo tempo, o armazenamento de todas as informações de negócios em um banco de dados central.

Ao realizar a integração, as empresas que já contam com um ERP e querem ter um BPMS para potencializar resultados de gestão obtêm melhorias sem perder funcionalidades e dados já em operação.

Hora de colocar a mão na massa!

Então, agora que você já entendeu a diferença entre ERP e BPMS já está pronto para colocar em prática na sua empresa! Que tal integrar essas duas soluções para melhorar os resultados do seu negócio?

Tenho certeza de que você e a sua empresa terão muitos ganhos com isso!

Espero que tenham gostado! Até mais!

Stories


Artigos Similares

A Zeev coleta, via cookies, dados essenciais para o funcionamento do site e métricas de acesso. Saiba Mais.

Entendido
BPMS 5 funcionalidades e vantagens Janela de Johari o que são os 4 eus O que é e quis são as vantagens de um Quadro de Gestão à Vista 6 Passos para automatizar um Workflow!