Quando usar low-code e quando usar desenvolvimento tradicional?

O low-code e o desenvolvimento tradicional são duas opções populares entre os desenvolvedores de software, cada uma com suas próprias vantagens e desvantagens. Mas quando é melhor usar low-code e quando é melhor usar desenvolvimento tradicional?

O que é low-code?

Primeiro, é importante entender o que são low-code e desenvolvimento tradicional. Low-code se refere a plataformas de desenvolvimento de software que permitem a criação de aplicativos sem a necessidade de escrever muito código. Isso é possível graças a ferramentas visuais que permitem aos desenvolvedores arrastar e soltar elementos para criar aplicativos.

low-code e desenvolvimento tradicional
Exemplo de aplicação low-code

O que é desenvolvimento tradicional?

Por outro lado, o desenvolvimento tradicional se refere ao método tradicional de desenvolvimento de software, em que os desenvolvedores escrevem código manualmente usando linguagens de programação como Java ou Python.

Quando utilizar low-code?

Agora que sabemos o que são low-code e código tradicional, vamos falar sobre quando é melhor usar cada um deles. Em geral, low-code é mais adequado para projetos de curto prazo, que precisam ser desenvolvidos rapidamente para obtenção de resultados mais rápido. Isso porque as ferramentas low-code permitem que os desenvolvedores criem aplicativos mais rapidamente do que se estivessem usando código tradicional.



Além disso, low-code também é útil para equipes de desenvolvimento que não têm muita experiência em codificação. Como as ferramentas low-code são baseadas em arrastar e soltar, elas são mais fáceis de usar e permitem que pessoas sem conhecimento profundo em programação criem aplicativos de maneira rápida e eficiente.

Leia também: Redução de custos com low-code e automatização e processos

Quando utilizar desenvolvimento tradicional?

Por outro lado, o desenvolvimento tradicional é mais adequado para projetos maiores e de longo prazo, que exigem mais flexibilidade e controle do que o que é possível com low-code. Isso porque o código tradicional permite aos desenvolvedores criar aplicativos personalizados e altamente escaláveis, que podem ser ajustados para atender às necessidades específicas de um projeto.

o código tradicional ainda é a abordagem mais comum para o desenvolvimento de aplicativos. Isso envolve a escrita de código em linguagens de programação como Java ou C++ para criar aplicativos do zero.

Isso pode ser uma opção atraente para empresas que precisam de aplicativos altamente personalizados ou que requerem recursos técnicos avançados. Além disso, o código tradicional também é a escolha ideal para equipes de desenvolvimento experientes que têm habilidades técnicas avançadas em programação.

Saiba o que é melhor para o seu negócio

O low-code e o código tradicional são duas ferramentas diferentes que podem ser usadas para construir aplicativos e soluções de tecnologia. Embora ambos possam ser eficazes em diferentes situações, é importante entender quando usar cada um deles.

Em resumo, o low-code é uma opção ideal para empresas que desejam agilizar o processo de desenvolvimento de aplicativos, enquanto o código tradicional é a escolha certa para equipes de desenvolvimento experientes que precisam de aplicativos altamente personalizados. É importante avaliar as necessidades da sua empresa e escolher a abordagem adequada para garantir o sucesso do seu projeto de tecnologia.

Plataformas low-code que permitem a utilização de códigos

É importante destacar que, em alguns casos, pode ser vantajoso usar ambas as abordagens juntas. Por exemplo, a plataforma low-code pode ser usada para construir a estrutura básica do aplicativo, e dentro da mesma plataforma, quando ela permite a utilização de códigos, o desenvolvimento tradicional pode ser usado para adicionar recursos avançados ou personalizações específicas. Isso pode ajudar a equilibrar a agilidade do low-code com a flexibilidade do código tradicional.

Além disso, é importante considerar o suporte e a manutenção ao escolher entre low-code e desenvolvimento tradicional. O low-code geralmente oferece mais suporte e ferramentas de manutenção, enquanto o código tradicional pode exigir mais conhecimento técnico para manter e atualizar o aplicativo.

No geral, a escolha entre low-code e desenvolvimento tradicional dependerá das necessidades específicas da sua empresa e do projeto de tecnologia em questão. É importante avaliar cuidadosamente as opções disponíveis e escolher a abordagem que melhor atenda às suas necessidades.

Dica de leitura extra: Clean code – o que é, importância, fundamento e benefícios!

Você precisa escalar suas soluções?

Outro aspecto importante a considerar ao escolher entre low-code e código tradicional é a escalabilidade. O low-code geralmente oferece uma escalabilidade mais fácil, permitindo que os aplicativos sejam facilmente ajustados e expandidos à medida que as necessidades da sua empresa mudam. Isso pode ser especialmente útil para empresas que estão crescendo rapidamente e precisam de soluções de tecnologia que possam acompanhar esse crescimento.

Por outro lado, o código tradicional pode oferecer mais flexibilidade e controle sobre o aplicativo. Isso pode ser útil para empresas que precisam de aplicativos altamente personalizados ou que exigem recursos técnicos avançados. No entanto, isso também pode tornar o processo de escalabilidade mais desafiador, exigindo a reescrita do código para acompanhar o crescimento da empresa.

Para finalizar…

Em resumo, a escolha entre low-code e código tradicional depende das necessidades específicas da sua empresa e do projeto de tecnologia em questão. É importante avaliar cuidadosamente as opções disponíveis e escolher a abordagem que melhor atenda às suas necessidades, levando em consideração fatores como agilidade, flexibilidade, suporte e escalabilidade.

Espero que tenha gostado do conteúdo. Até a próxima!

Stories


Artigos Similares

A Zeev coleta, via cookies, dados essenciais para o funcionamento do site e métricas de acesso. Saiba Mais.

Entendido
Stoque adquire a Zeev e expande atuação no mercado digital Dicas de Softwares para a Gestão de TI Como melhorar a eficiência do Centro de Serviços Compartilhados Dicas para implementar um planejamento estratégico em 2024